Portal Expresso

MENU
Logo
Quinta, 25 de fevereiro de 2021
Publicidade
Publicidade

Geral

Adolescente de 16 anos morre após ir a motel com homem de 29 anos

Os dois se conheceram pelas redes sociais, porém, a mãe da moça era contra o relacionamento por conta da diferença de idade

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Uma adolescente, de apenas 16 anos, morreu na tarde desta quarta-feira (20) após ir a um motel com um homem de 29 anos, em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. De acordo com a família da vítima, Lívia teria pedido autorização para ir ao shopping com o rapaz, entretanto, uma hora após a menina sair de casa a mãe recebeu a notícia que a filha estava na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade.

"Minha filha saiu de casa 13h10 para ir a um shopping. Quando era 14h14 eu já estava dentro do uber de Pinhais, minha filha já estava morta. Minha filha teve uma hemorragia tão forte que quando ela chegou na UPA já estava em óbito. Eles tentaram reanimar ela por muito tempo, enquanto eu estava lá fora", contou Ana Paula Ziamini, mãe de Lívia.

A Polícia Civil de Pinhais aguarda a conclusão do laudo do Instituto Médico Legal (IML) para verificar a causa da morte. Segundo informações a adolescente tinha sangramento na cabeça e também nas partes íntimas. O homem que estava com ela no motel foi preso.

A família de Lívia contou que a adolescente estava conhecendo Lucas Nascimento de Carvalho, de 29 anos. Os dois se conheceram pelas redes sociais, porém, a mãe da moça era contra o relacionamento por conta da diferença de idade.

"Queria conhecer ela, queria conversar com o pai, queria namorar. E eu falei para ela que eu não queria, porque ele era mais velho que ela. Nunca teve namorado, era o primeiro que estava rodeando, para tentar namorar com ela. Mas eu não queria porque imaginava que ele é muito mais velho e meu marido também não iria aceitar", contou Ana Paula.

Nesta quarta-feira, Lívia pediu para ir ao shopping. "Ela pediu para mim se ela podia ir ao shopping com ele. Que o combinado dos dois era ir no shopping comer batata, ver um filme e ele já trazia ela para casa", revelou a mãe. Entretanto, a filha não voltou mais para casa.

 

Fonte/Créditos: Michel Teixeira Notícias

Créditos (Imagem de capa): Redes Sociais

Comentários:

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )