Portal Expresso

Segunda, 27 de setembro de 2021
MENU

Segurança

Cobra-coral é encontrada dentro de mesa em loja no Vale do Itajaí

Serpente estava escondida entre a base de madeira e tampo de vidro da estrutura. Ninguém se feriu.

1767
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Uma cobra-coral foi encontrada em uma mesa de jantar e dentro de uma loja na cidade de Luiz Alves, no Vale do Itajaí, na tarde de segunda-feira (2). Os bombeiros militares foram chamados para capturar o animal e o soltaram na mata.

A ocorrência foi atendida por volta das 15h, às margens da SC-414. A serpente estava escondida entre a base de madeira e tampo de vidro da mesa (veja a foto acima). Ninguém se feriu.

O biólogo Christian Raboch, que faz parte da Fundação Jaraguaense de Meio Ambiente (Fujama), analisou a foto e disse que se trata de coral-verdadeira. Apesar de não ser violenta, a espécie é venenosa.

As corais-verdadeiras levam o nome de Micrurus corallinus e pertencem à família Elapidae. Segundo Raboch, os animais são comuns e Santa Catarina e se alimentam de outras serpentes.

Onde ligar

  • Entre em contato com os Bombeiros (193) ou com a Polícia Ambiental da sua cidade (190);
  • em caso de acidente com serpente, entre em contato com o Samu (192), os Bombeiros (193) ou se dirija ao hospital público mais próximo;
  • dúvidas ou orientações sobre procedimentos de primeiros socorros podem ser esclarecidas com o Centro de Informação e Assistência Toxicológica de Santa Catarina (CIATox/SC), pelo telefone: 0800 643 5252.
    • Caso seja picado por uma cobra, não se deve amarrar o local. O torniquete pode aumentar o risco de necrosar o local e resultar até em amputação;
    • não se deve cortar o local, fazer perfurações ou sucção;
    • o local da picada deve ser lavado com água e sabão;
    • a vítima deve ser levada o mais rápido possível ao hospital;
    • é importante tentar identificar a serpente (pode ser por foto, se possível) pois isso facilitará para escolha do soro antiofídico a ser aplicado.

      O que fazer em caso de picada?

      • Caso seja picado por uma cobra, não se deve amarrar o local. O torniquete pode aumentar o risco de necrosar o local e resultar até em amputação;
      • não se deve cortar o local, fazer perfurações ou sucção;
      • o local da picada deve ser lavado com água e sabão;
      • a vítima deve ser levada o mais rápido possível ao hospital;
      • é importante tentar identificar a serpente (pode ser por foto, se possível) pois isso facilitará para escolha do soro antiofídico a ser aplicado.
     

Fonte/Créditos: G1

Créditos (Imagem de capa): Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Comentários:

Publicidade

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )