Portal Expresso - Site de notícias do Alto Vale

Com aquisição de 18 ambulâncias, Samu renova 80% da frota

O atendimento de urgência para todas as regiões catarinenses está mais ágil, equipado e seguro.
Com aquisição de 18 ambulâncias, Samu renova 80% da frota
Fotos: Cristiano Estrela/Secom

Com aquisição de 18 ambulâncias, Samu renova 80% da frota

Governo do Estado de Santa Catarina

O atendimento de urgência para todas as regiões catarinenses está mais ágil, equipado e seguro. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Santa Catarina passa a contar com 18 novas ambulâncias, renovando aproximadamente 80% da frota de suporte avançado. Os veículos foram entregues aos municípios na manhã desta sexta-feira, 19, em ato realizado no Centro de Ensino do Bombeiro Militar, em Florianópolis.

O processo de aquisição das ambulâncias foi conduzido pelo Governo do Estado, o que resultou numa economia em razão da compra em maior quantidade e da isenção de ICMS, fatores que não existiriam se o processo fosse realizado individualmente por município. Com os custos menores, foi possível adquirir mais veículos. O governador Carlos Moisés destacou o trabalho feito pelo Estado para melhorar as licitações, tornando-as mais abertas à concorrência e vantajosas para os cofres públicos.

“O Estado compra melhor se fizer em conjunto, de uma vez só, trabalhando tecnicamente para isentar os tributos quando possível. Temos um projeto intrassecretarias que começará aqui na Capital e, dando certo, avançaremos para o Estado todo, criando grandes centros compartilhados de compras”, afirmou Moisés. Um exemplo dessa melhoria, conforme o governador, é a aquisição de oxigênio para uso medicinal, cujo custo caiu de R$ 24 milhões para R$ 12 milhões neste ano, sem mudar a quantidade comprada.

Secretários de Estado, prefeitos, deputados e vereadores acompanharam o ato de entrega.

O custeio da operação das unidades de suporte avançado do Samu, como a folha de pagamento dos profissionais e a manutenção dos equipamentos e dos veículos, é responsabilidade do Governo do Estado. Os recursos para a compra das novas ambulâncias têm origem em emendas parlamentares dos deputados Rogério Mendonça e Carmen Zanotto, além de uma destinação por iniciativa própria do Governo Federal, via Ministério da Saúde. 

Integração dos suportes básico e avançado

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Helton de Souza Zeferino, as unidades de suporte básico, que hoje estão sob responsabilidade dos municípios, também passarão a integrar o Samu estadual, sob gestão da Secretaria de Estado da Saúde (SES) e do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, da mesma forma como já ocorre com o suporte avançado. “É um processo que vai fazer com que a população tenha um ganho expressivo no atendimento, com mais organização”, avalia o secretário.

Ele lembrou que o número de atendimentos cresce a cada ano. No primeiro semestre de 2019, foram registradas mais de 170 mil ocorrências, das quais 80 mil precisaram de deslocamento de ambulância. “Tanto o suporte básico quanto o suporte avançado prestam um serviço de muita importância num momento em que a população precisa. Os novos veículos trazem maior segurança e confiabilidade”, acrescenta Zeferino.

Municípios beneficiados

As cidades que contam com os novos veículos são Araranguá, Blumenau, Caçador, Canoinhas, Chapecó, Criciúma, Curitibanos, Florianópolis, Itajaí, Jaraguá do Sul, Joinville, Lages, Mafra, Palhoça, Rio do Sul, São Joaquim, São José e São Miguel do Oeste. O investimento em cada ambulância foi de aproximadamente R$ 199 mil, totalizando cerca de R$ 3,3 milhões.

Conforme o diretor do Samu, Giovanni Augusto Kemper, a renovação da frota ajuda num processo de melhoria do atendimento que começou já com a reforma administrativa, quando a gerência estadual do serviço foi elevada a diretoria. "Após a reforma administrativa, adotou-se resoluções que estipularam maior congregação entre porta móvel, que são as ambulâncias, e porta fixa, que são os hospitais. Com a qualidade dos novos veículos, além do profissional, o catarinense que necessita do Samu é acolhido da melhor forma possível", considera.

OUVIR NOTÍCIA

O atendimento de urgência para todas as regiões catarinenses está mais ágil, equipado e seguro. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Santa Catarina passa a contar com 18 novas ambulâncias, renovando aproximadamente 80% da frota de suporte avançado. Os veículos foram entregues aos municípios na manhã desta sexta-feira, 19, em ato realizado no Centro de Ensino do Bombeiro Militar, em Florianópolis.

O processo de aquisição das ambulâncias foi conduzido pelo Governo do Estado, o que resultou numa economia em razão da compra em maior quantidade e da isenção de ICMS, fatores que não existiriam se o processo fosse realizado individualmente por município. Com os custos menores, foi possível adquirir mais veículos. O governador Carlos Moisés destacou o trabalho feito pelo Estado para melhorar as licitações, tornando-as mais abertas à concorrência e vantajosas para os cofres públicos.

“O Estado compra melhor se fizer em conjunto, de uma vez só, trabalhando tecnicamente para isentar os tributos quando possível. Temos um projeto intrassecretarias que começará aqui na Capital e, dando certo, avançaremos para o Estado todo, criando grandes centros compartilhados de compras”, afirmou Moisés. Um exemplo dessa melhoria, conforme o governador, é a aquisição de oxigênio para uso medicinal, cujo custo caiu de R$ 24 milhões para R$ 12 milhões neste ano, sem mudar a quantidade comprada.

Secretários de Estado, prefeitos, deputados e vereadores acompanharam o ato de entrega.

O custeio da operação das unidades de suporte avançado do Samu, como a folha de pagamento dos profissionais e a manutenção dos equipamentos e dos veículos, é responsabilidade do Governo do Estado. Os recursos para a compra das novas ambulâncias têm origem em emendas parlamentares dos deputados Rogério Mendonça e Carmen Zanotto, além de uma destinação por iniciativa própria do Governo Federal, via Ministério da Saúde. 

Integração dos suportes básico e avançado

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Helton de Souza Zeferino, as unidades de suporte básico, que hoje estão sob responsabilidade dos municípios, também passarão a integrar o Samu estadual, sob gestão da Secretaria de Estado da Saúde (SES) e do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, da mesma forma como já ocorre com o suporte avançado. “É um processo que vai fazer com que a população tenha um ganho expressivo no atendimento, com mais organização”, avalia o secretário.

Ele lembrou que o número de atendimentos cresce a cada ano. No primeiro semestre de 2019, foram registradas mais de 170 mil ocorrências, das quais 80 mil precisaram de deslocamento de ambulância. “Tanto o suporte básico quanto o suporte avançado prestam um serviço de muita importância num momento em que a população precisa. Os novos veículos trazem maior segurança e confiabilidade”, acrescenta Zeferino.

Municípios beneficiados

As cidades que contam com os novos veículos são Araranguá, Blumenau, Caçador, Canoinhas, Chapecó, Criciúma, Curitibanos, Florianópolis, Itajaí, Jaraguá do Sul, Joinville, Lages, Mafra, Palhoça, Rio do Sul, São Joaquim, São José e São Miguel do Oeste. O investimento em cada ambulância foi de aproximadamente R$ 199 mil, totalizando cerca de R$ 3,3 milhões.

Conforme o diretor do Samu, Giovanni Augusto Kemper, a renovação da frota ajuda num processo de melhoria do atendimento que começou já com a reforma administrativa, quando a gerência estadual do serviço foi elevada a diretoria. "Após a reforma administrativa, adotou-se resoluções que estipularam maior congregação entre porta móvel, que são as ambulâncias, e porta fixa, que são os hospitais. Com a qualidade dos novos veículos, além do profissional, o catarinense que necessita do Samu é acolhido da melhor forma possível", considera.

Fonte

Governo do Estado de Santa Catarina

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

alto vale
Empresário de Aurora deve indenizar a sociedade e recuperar meio ambiente degradado
Empresário de Aurora deve indenizar a sociedade e recuperar meio ambiente degradado
VISUALIZAR
alto vale
Rodada da Liga Riosulense tem oito jogos no fim de semana
Rodada da Liga Riosulense tem oito jogos no fim de semana
VISUALIZAR
santa catarina
Sarampo: Começa hoje vacinação preventiva
Sarampo: Começa hoje vacinação preventiva
VISUALIZAR
alto vale
Quinta-feira tem previsão de aberturas de sol com aumento de nebulosidade em SC
Quinta-feira tem previsão de aberturas de sol com aumento de nebulosidade em SC
VISUALIZAR
alto vale
Polícia Militar prende homem por porte ilegal de arma de fogo, em Agrolândia
Polícia Militar prende homem por porte ilegal de arma de fogo, em Agrolândia
VISUALIZAR
alto vale
Motorista de prefeitura de Rio do Sul é condenado a pagar prejuízos após se envolver em...
Motorista de prefeitura de Rio do Sul é condenado a pagar prejuízos após se envolver em acidente
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )