Portal Expresso - Site de notícias do Alto Vale

Detran de SC passa a exigir prova teórica a motoristas após curso de reciclagem de CNH

Teste vai ser feito nas Ciretrans de todo o Estado, a partir de 5 de agosto
Detran de SC passa a exigir prova teórica a motoristas após curso de reciclagem de CNH
FOTO DIVULGAÇÃO

Detran de SC passa a exigir prova teórica a motoristas após curso de reciclagem de CNH

* Com informações da assessoria do Detran/SC

Condutores que tenham a habilitação suspensa ou cassada por infrações cometidas no trânsito vão precisar fazer prova teórica de reciclagem a partir de 5 de agosto. Os testes vão ocorrer nas Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans) em todo o Estado.

A prova a ser adotada vai reunir 30 questões de múltipla escolha sobre legislação de trânsito, direção defensiva e outros conteúdos vistos no curso de reciclagem. Para ter o processo de reciclagem concluído, o motorista vai precisar ter aproveitamento mínimo de 70% nas questões. A prova tem o mesmo conteúdo da que é aplicada aos condutores que fazem o processo para obter a primeira habilitação. O valor a ser pago para fazer a prova também será o mesmo: R$ 57,85.

A medida foi adotada após parceria entre o Departamento de Trânsito de Santa Catarina (Detran-SC) e o Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina S.A. (Ciasc), que desenvolveu uma ferramenta no sistema DetranNet para contemplar a modalidade Penalidades. A nova funcionalidade foi apresentada em reunião com delegados regionais e representantes das Ciretrans na tarde de quarta-fera, em Florianópolis.

Cada Ciretran vai agendar a prova de acordo com a demanda. Na Capital, a avaliação deve ocorrer toda quarta-feira. Assim, o condutor que tiver cumprido o período de suspensão ou cassação deve apresentar o certificado no órgão de trânsito do município em que mora para agendar a prova.

A exigência será aplicada a todos os condutores que fizeram o curso de reciclagem, mesmo que estejam cumprindo o período de suspensão, desde que ainda não tenham entregado os certificados nos órgãos de trânsito.

Para os condutores de outras unidades da federação, será obrigatória a transferência do prontuário, porque o interessado deve constar na base de dados estadual para poder fazer a prova e cumprir todas as etapas do processo administrativo.

O gerente-geral das Jaris e Imposição de Penalidades do Detran, Felipe Odara, avalia que o objetivo é avaliar o conhecimento dos condutores adquiridos durante o curso de reciclagem.

 

OUVIR NOTÍCIA

Condutores que tenham a habilitação suspensa ou cassada por infrações cometidas no trânsito vão precisar fazer prova teórica de reciclagem a partir de 5 de agosto. Os testes vão ocorrer nas Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans) em todo o Estado.

A prova a ser adotada vai reunir 30 questões de múltipla escolha sobre legislação de trânsito, direção defensiva e outros conteúdos vistos no curso de reciclagem. Para ter o processo de reciclagem concluído, o motorista vai precisar ter aproveitamento mínimo de 70% nas questões. A prova tem o mesmo conteúdo da que é aplicada aos condutores que fazem o processo para obter a primeira habilitação. O valor a ser pago para fazer a prova também será o mesmo: R$ 57,85.

A medida foi adotada após parceria entre o Departamento de Trânsito de Santa Catarina (Detran-SC) e o Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina S.A. (Ciasc), que desenvolveu uma ferramenta no sistema DetranNet para contemplar a modalidade Penalidades. A nova funcionalidade foi apresentada em reunião com delegados regionais e representantes das Ciretrans na tarde de quarta-fera, em Florianópolis.

Cada Ciretran vai agendar a prova de acordo com a demanda. Na Capital, a avaliação deve ocorrer toda quarta-feira. Assim, o condutor que tiver cumprido o período de suspensão ou cassação deve apresentar o certificado no órgão de trânsito do município em que mora para agendar a prova.

A exigência será aplicada a todos os condutores que fizeram o curso de reciclagem, mesmo que estejam cumprindo o período de suspensão, desde que ainda não tenham entregado os certificados nos órgãos de trânsito.

Para os condutores de outras unidades da federação, será obrigatória a transferência do prontuário, porque o interessado deve constar na base de dados estadual para poder fazer a prova e cumprir todas as etapas do processo administrativo.

O gerente-geral das Jaris e Imposição de Penalidades do Detran, Felipe Odara, avalia que o objetivo é avaliar o conhecimento dos condutores adquiridos durante o curso de reciclagem.

 

Fonte

* Com informações da assessoria do Detran/SC

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

alto vale
Duas pessoas ficam feridas em acidente em Trombudo Central
Duas pessoas ficam feridas em acidente em Trombudo Central
VISUALIZAR
alto vale
Confira a programação de eventos do Natal Encantado em Rio do Sul
Confira a programação de eventos do Natal Encantado em Rio do Sul
VISUALIZAR
alto vale
Bosque na rua Rui Barbosa terá atividades de saúde e lazer no sábado
Bosque na rua Rui Barbosa terá atividades de saúde e lazer no sábado
VISUALIZAR
alto vale
Terça-feira tem previsão de temperaturas elevadas e tempo seco em SC
Terça-feira tem previsão de temperaturas elevadas e tempo seco em SC
VISUALIZAR
alto vale
Estufa de fumo pegou fogo em Trombudo Central
Estufa de fumo pegou fogo em Trombudo Central
VISUALIZAR
alto vale
Exportação de carne suína catarinense bate recorde histórico
Exportação de carne suína catarinense bate recorde histórico
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )