Portal Expresso

Quinta, 18 de agosto de 2022
MENU

Geral

Em carta, menino de 7 anos faz pedido inusitado ao Papai Noel

A família do pequeno Hector, que mora em Arroio Grande, no Rio Grande do Sul, tem vivido um momento muito difícil devido à pandemia

1691
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Com a chegada do Natal, as crianças já se preparam para escrever suas cartinhas para o Papai Noel. Carrinhos, bonecas, bolas... Esses são alguns dos presentes pedidos. No entanto, o pequeno Hector, de 7 anos, decidiu fazer um apelo especial, que reflete a difícil situação que o Brasil está passando: "Papai Noel, meu sonho é ganhar uma carne para passar com a minha família, tenho 7 anos, muito obrigado Papai Noel", pediu o menino. 

Desde o início da pandemia, a família de Hector, que mora em Arroio Grande, no Rio Grande do Sul, está passando por uma situação muito difícil. Sua mãe, Patrícia Fros de Braz, 35 anos, fica com as crianças em casa e depende dos bicos que seu marido e sua filha mais velha fazem. Leandro Alves de Medeiros, 27 anos, trabalha como capineiro e Rosiane Braz de Andrade, 19 anos, cuida de uma idosa. A mãe tem mais dois filhos: Maryanne, 9 anos, e Oliver, 9 meses. Em entrevista à CRESCER, ela conta que ainda precisa lidar com problemas de saúde, como uma hérnia que a impede de fazer esforço. 

Com a pandemia, os trabalhos foram diminuindo e a família precisou reduzir alguns gastos. " A gente compra, mas agora é miúdos, ossos, essas coisas mais baratas", relata a mãe. Ela ainda acrescenta que nunca tinha passado necessidade foi no último ano que a situação apertou mesmo.

Família de Hector  (Foto: Arquivo pessoal )

Família de Hector (Foto: Arquivo pessoal 

Fã de churrasco, Hector perguntou à mãe se a família faria um no Natal este ano. "Eu disse filho não sei, pois as coisas estão muito difíceis. A carne aqui está muito cara mesmo. Aí ele me disse: 'já sei vou fazer uma carta para o papai Noel e ele vai nos ajudar. Ele é muito lindo. Com 7 anos e um coração enorme", diz a mãe. 

Como aprendeu a escrever sozinho este ano, o menino escreveu sua carta com a ajuda da mãe. "Quando eu vi que a vontade dele era essa mesmo, me doeu o coração. Ele que decidiu. Sentamos na mesa e eu o ajudei a escrever, ainda disse a ele que seria difícil, pois estava tudo muito caro", lembra a mãe. Mesmo assim, o pequeno não perdeu as esperanças! "Ele me disse que eu ficasse tranquila, pois o papai Noel sempre ajudava todo mundo, porque ele era Deus". 

A atitude do menino comoveu algumas pessoas que decidiram fazer uma cesta de Natal para a família. No entanto, a situação deles continua difícil. Com a crise financeira, eles estavam priorizando comprar comida e deixando as contas. Porém, essa semana a luz deles foi cortada. "Estamos no escuro", relata Patrícia.

Agora, para o Natal, Patrícia só espera que sua situação melhore e que seus filhos possam passar o fim de ano com a barriga cheia

Fonte/Créditos: Revista Crescer

Créditos (Imagem de capa): (Foto: Arquivo Pessoal )

Comentários:

Publicidade

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )