Portal Expresso

Quarta-feira, 17 de Julho de 2024
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia

Santa Catarina

Em Otacílio Costa, três homens são condenados por envolvimento em homicídio com ocultação de cadáver

O corpo da vítima foi queimado e localizado dias depois na localidade de Fundo do Campo

Redação Portal Expresso
Por Redação Portal Expresso
Em Otacílio Costa, três homens são condenados por envolvimento em homicídio com ocultação de cadáver
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Em Otacílio Costa, o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) levou três homens ao Tribunal do Júri pelo envolvimento em uma morte relacionada ao tráfico de drogas. O julgamento teve 15 horas de duração. O Promotor de Justiça José da Silva Júnior conduziu a acusação e os jurados consideraram que todos os réus tiveram participação no crime. Dois deles foram condenados a 17 anos de reclusão por homicídio triplamente qualificado (motivo torpe, meio cruel e emprego de recurso que dificultou a defesa) e ocultação de cadáver. O outro réu foi sentenciado a um ano e quatro meses em regime aberto por ajudar a transportar e queimar o corpo. 

Segundo as investigações, na noite de 19 de julho de 2022, a vítima, um homem de 25 anos, foi até a casa de um dos réus para comprar drogas e acabou sendo morta a chutes e socos após uma discussão. O corpo foi localizado dois dias depois, queimado, na localidade de Fundo do Campo.

A Polícia foi até as residências dos suspeitos e encontrou cocaína, crack, maconha e um revólver. Eles foram presos em flagrante e denunciados pelo MPSC em duas ações distintas: uma por homicídio e ocultação de cadáver e outra por venderem entorpecentes e portarem uma arma irregularmente.



Dois deles já foram condenados a 11 anos de reclusão por tráfico e associação ao tráfico de drogas e porte ilegal de armas com numeração suprimida. O outro homem irá prestar serviços comunitários durante 20 meses. Essas condenações serão somadas às penas pelos crimes de homicídio e ocultação de cadáver.

Publicidade

Leia Também:

"A sociedade de Otacílio Costa, representada pelos sete jurados sorteados entre pessoas do povo, soube avaliar fatos e provas, com atenção e cuidado, e, ao final de longo julgamento, decidiu em favor da vida", diz o Promotor de Justiça José da Silva Júnior.

FONTE/CRÉDITOS: Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social - Correspondente Regional em Lages
Comentários:

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )