Portal Expresso

Quarta-feira, 12 de Junho de 2024
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia

Santa Catarina

Filho suspeito de matar e enterrar casal de idosos no quintal de casa em SC é preso

Ele foi detido preventivamente após decisão da Justiça, conforme delegado.

Redação Portal Expresso
Por Redação Portal Expresso
Filho suspeito de matar e enterrar casal de idosos no quintal de casa em SC é preso
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

O filho do idoso encontrado morto e enterrado junto com a esposa no quintal de casa em Porto União, no Norte de Santa Catarina, foi preso preventivamente suspeito de matar o casal. A prisão ocorreu após decisão judicial, confirmou na manhã desta sexta-feira (27) o delegado responsável pelo caso, Saul Bogoni Junior.

Os corpos de Ivo Romano Lerner, 63 anos, e Rita Zanelle, 68 anos, foram encontrados por familiares na quinta-feira (26), a cerca de 400 metros da residência deles, uma propriedade rural no bairro São José do Maratá. Havia manchas de sangue na casa.

O filho foi preso ainda na quinta, após a Polícia Civil pedir a prisão preventiva dele. O documento teve parecer favorável por parte do Ministério Público de Santa Catarina.

Publicidade

Leia Também:

O delegado disse que o suspeito foi ouvido pelos policiais, mas negou participação no crime. Em relação à motivação, foram colhidas informações em depoimentos.

"Algumas testemunhas relataram divergências financeiras. Mas conviviam normalmente. Segundo testemunhas o suspeito tem histórico de depressão", disse o delegado. O filho morava na mesma propriedade rural da família, em outra casa, a cerca de 150 metros.

A Polícia Civil aguarda o exame do Instituto Médico Legal para confirmar a causa da morte dos idosos. "O laudo necroscópico ainda não foi entregue pelo IML, mas, a princípio, arma de fogo longa", relatou o delegado.

Segundo a Polícia Civil, o casal era considerado desaparecido desde segunda-feira (23). Em relatório, a Polícia Militar, afirmou que o sumiço aconteceu no domingo (22).

 

Cena do crime

Conforme a PM, os corpos foram encontrados dentro de dois sacos enterrados, na manhã de quinta-feira.

Na casa, a equipe observou marcas de sangue na parede, no chão e no chuveiro, além de um colchão queimado no terreno e marcas de trator perto de onde os corpos foram encontrados.

Despedida

sepultamento das vítimas está marcado para esta sexta-feira (27) em São José do Maratá (RS). O horário não foi divulgado.

Familiares de Ivo publicaram nas redes sociais, na quarta-feira (25), que ele havia visualizado o aplicativo de mensagens no celular pela última vez na noite de domingo (22).

Em uma rede social, a prima dele, Irene Lavall, afirmou estar "em choque".

 

"Querido primo, o céu hoje está em festa, recebendo você com sua alegria contagiante. Não tenho palavras. Esse carinho eu nunca vou esquecer. Te amo pra sempre. Sentirei muita falta de nossas conversas telefônicas", escreveu.

 

Já a sobrinha de Rita Zanella destacou que os dois "não mereciam tanta crueldade".

FONTE/CRÉDITOS: Reprodução do G1-SC
Comentários:

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )