Portal Expresso

Domingo, 16 de Junho de 2024
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia

Grande Florianópolis

Homem é preso com milhares de arquivos de imagens e vídeos relacionados à pornografia infantil em SC

Os crimes tem pena de até quatro anos de reclusão e multa. 

Reporter Zildomar
Por Reporter Zildomar
Homem é preso com milhares de arquivos de imagens e vídeos relacionados à pornografia infantil em SC
Polícia Federal
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
Imagens

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (29/9) a Operação Against the Law destinada à repressão ao compartilhamento e à posse de imagens e vídeos com conteúdo de abuso sexual infantojuvenil, praticada por usuário da internet residente na capital Florianópolis/SC. O homem investigado foi preso em flagrante. 

As investigações foram iniciadas a partir de relatórios de informação produzidos pela  PF, que resultaram na identificação do suspeito que compartilhou arquivos com cenas de violência sexual contra crianças e adolescentes.  O crime era cometido por meio da utilização de redes de compartilhamento de arquivos ponto-a-ponto, denominadas P2P. 

Expedido pela 7ª Vara Federal de Florianópolis/SC, o mandado de busca visa a individualizar a autoria e obter outras provas do delito, por meio da identificação dos equipamentos usados no armazenamento e no compartilhamento de imagens de exploração sexual infantojuvenil. 

Publicidade

Leia Também:

Foram apreendidos equipamentos de informática, celulares e mídias de armazenamento. Todo o material será submetido a exames periciais, objetivando a comprovação da materialidade dos crimes, identificação de possíveis abusadores sexuais e suas vítimas, bem como de possíveis produtores desse tipo de material.
 
No local das buscas foi identificado que o investigado detinha milhares de arquivos de imagens e vídeos relacionados à pornografia infantil e ele foi preso em flagrante.
 
Os crimes de posse e armazenamento de arquivos com imagens de abuso sexual infantojuvenil tem pena de até quatro anos de reclusão e multa. 

FONTE/CRÉDITOS: Polícia Federal
Comentários:

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )