Portal Expresso

MENU
Logo
Segunda, 30 de novembro de 2020

Alto Vale

Morte de macacos em cidades do Alto Vale alertam para o risco de febre amarela

Os sintomas iniciais da febre amarela são: febre com calafrios, dor de cabeça intensa, dores nas costas, dores musculares, vômitos e fraqueza

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Nos últimos dias, nove macacos foram encontrados mortos no Alto Vale. Os registros ocorreram em Rio do Sul, Presidente Getúlio, Dona Emma e Witmarsum. A enfermeira responsável pelo setor de imunização da gerência regional de saúde, Josiane Verdi Schaade, reforça a proliferação do vírus da febre amarela na região. Ela também reforça a importância da vacinação para evitar a doença. 

No início do verão essa situação sempre aumenta, mas esse número de macacos é bem alto. O número de macacos ajuda a monitorar a circulação do vírus na região. Portanto, se as pessoas perceberem algum macaco doente ou morto deve informar a vigilância sanitária do município. 

Esse ano, duas pessoas morreram no Estado por conta da febre amarela. A febre amarela é uma doença infecciosa causada por um vírus transmitido picada dos mosquitos infectados e não há transmissão direta de pessoa a pessoa. Seus sintomas iniciais são febre com calafrios, dor de cabeça intensa, dores nas costas, dores musculares, vômitos e fraqueza.

Fonte/Créditos: Grupo de Comunicação Difusora

Comentários:

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )