Portal Expresso

Quarta-feira, 12 de Junho de 2024
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia

Alto Vale

Motorista morre após veículo ser arrastado e ficar preso em ponte durante fortes chuvas em SC

Fato foi registrado neste domingo

Repórter Bruno
Por Repórter Bruno
Motorista morre após veículo ser arrastado e ficar preso em ponte durante fortes chuvas em SC
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Um homem morreu após o veículo onde estava ser arrastado durante as fortes chuvas que atingem Xanxerê, uma das maiores cidades do Oeste de Santa Catarina. De acordo com o Corpo de Bombeiros Militar, o carro foi levado pela correnteza e ficou preso embaixo de uma ponte.

A vítima foi identificada como Luiz Henrique Franchini Vettori, de 31 anos. Ele atuava como recepcionista do hospital, que emitiu nota de pesar.

Nas últimas 12 horas, segundo a prefeitura da cidade, choveu mais de 100 milímetros, sendo 59 em apenas uma hora, causando deslizamentos de terra, alagamentos e deixando moradores ilhados.

Publicidade

Leia Também:

A administração municipal informou ainda que às 5h20 foi emitido alerta para alagamentos pelas próximas três horas.

Os bombeiros receberam a informação sobre o carro preso na ponte por volta de 7h30. O resgate era em um local de difícil acesso, sendo necessário o uso de um caminhão munck para içar o carro e retirar o corpo.

Havia um segundo ocupante que saiu do veículo antes dele ficar preso na ponte e que foi encontrado a cerca de 50 metros do local onde o carro ficou preso. Ele apresentava escoriações pelo corpo e um quadro leve de hipotermia.

Estragos das fortes chuvas em Xanxerê (SC) — Foto: Prefeitura de Xanxerê/Divulgação

Estragos das fortes chuvas em Xanxerê (SC) — Foto: Prefeitura de Xanxerê/Divulgação

 

Estragos em Xanxerê

 

A prefeitura e a Defesa Civil contabilizam o número de moradores que precisaram deixar as casas, com prioridade para pessoas com restrição de mobilidade, como cadeirantes, acamados, idosos e crianças.

Os bombeiros também auxiliam na retirada das famílias, utilizando barcos para facilitar o deslocamento. Os alagamentos atingem no Centro da cidade, além de comunidades no interior.

"A Defesa Civil está verificando in loco a situação em toda cidade e pede para que as pessoas que precisam de auxílio mandem uma mensagem para o Whatsapp (49) 99180-4710, pois em razão da alta demanda, não está sendo possível atender a todos no mesmo momento", publicou a prefeitura.



FONTE/CRÉDITOS: Reprodução do g1
Comentários:

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )