Portal Expresso

Terça, 07 de dezembro de 2021
MENU

Litoral Norte - SC

Mulher esquece dinheiro em caixa eletrônico e é surpreendida no Litoral Norte de SC

Caso aconteceu em espaço comercial de São Francisco do Sul na quarta-feira (6)

991
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

“Não tenho rios de dinheiro, o que não é meu não quero para mim e eu senti a necessidade de devolver”. Foi assim que Luís Henrique Barbosa dos Santos, zelador e síndico de um espaço comercial de São Francisco do Sul, no Litoral Norte de Santa Catarina, resumiu a atitude que chamou a atenção nas redes sociais na quarta-feira (6).

Aos 23 anos, Luís trabalha no local há seis meses e, na tarde de quarta-feira, surpreendeu uma cliente, dando esperança a quem acompanhou a história pelas redes sociais e que rapidamente se manifestaram “parabéns pela honestidade”.

O caso aconteceu pouco antes das 16h, quando a cliente chegou ao caixa eletrônico, tentou sacar o benefício e começou o episódio. Ela teria visto uma mensagem de erro no caixa, retirou o cartão e saiu. No entanto, a mulher que estava atrás na fila chegou ao caixa e escutou a máquina liberando o dinheiro. Ela até tentou encontrar a dona dos R$ 1 mil, mas não conseguiu.

E aí Luís entrou na história. “Eu vi ela com o dinheiro na mão, preocupada e ela me contou a história, estava até com o extrato e disse que precisava devolver. Acessamos as câmeras e vimos quem era a mulher”, conta.

Depois de trocar os contatos, a mulher foi para casa na esperança de que a dona do dinheiro voltasse ao espaço comercial. E foi exatamente o que aconteceu. Cerca de 40 minutos depois, ela chegou. “Ela voltou, estava nervosa e disse que tinha perdido o dinheiro porque viu pelo aplicativo que tinha acontecido o saque. Eu contei que uma mulher tinha achado, ligamos, ela voltou e entregou o dinheiro”, fala.

Essa, inclusive, não foi a primeira vez que um cliente esqueceu dinheiro no caixa, diz o zelador.

“Ela ficou muito agradecida e ainda bem que era uma pessoa boa atrás dela, que viu dinheiro, recibo, nome e procurou um jeito de devolver.  Eu vejo que o que não é meu, eu não quero. Me coloco no lugar da pessoa, precisando de um dinheiro . É dela, aconteceu de perder e eu jamais ficaria com um dinheiro desse”, finaliza.

Fonte/Créditos: ND

Créditos (Imagem de capa): Foto: Reprodução

Comentários:

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )