Portal Expresso

MENU
Logo
Quinta, 09 de julho de 2020

Segurança

Mulher questiona polícia em caso de perturbação do sossego e se dá mal

Ela quis saber porque a PM estava preocupada com o som alto “com tanta coisa pior acontecendo”

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Uma ocorrência de perturbação do sossego levou a Polícia Militar até o bairro Sumaré, em Rio do Sul, na madrugada desta quarta-feira (08), por volta das 3h. No local, os policiais constataram som extremamente alto vindo da garagem de uma casa, na rua Ruy Barbosa. Em conversa com a polícia, a moradora, de 22 anos, disse que estava realizando uma festa e que já seria a quinta vez que a PM ia até a residência devido ao som alto.

Segundo relatório policial, ela também questionou o porquê de a PM estar se preocupando com seu som "com tanta coisa pior acontecendo" e a todo momento agia com deboche em relação ao atendimento da ocorrência.

Diante dos fatos, a polícia apreendeu o aparelho de som e foi lavrado um termo circunstanciado, ou seja, a mulher vai ter que comparecer no Fórum e se explicar à justiça.

Comentários:

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )