Portal Expresso

Quarta-feira, 12 de Junho de 2024
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia

Alto Vale

Polícia Civil prende suspeitos de envolvimento no desaparecimento de jovem no Alto Vale

Ele saiu de sua casa em Pouso Redondo e desapareceu em Rio do Sul

Repórter Bruno
Por Repórter Bruno
Polícia Civil prende suspeitos de envolvimento no desaparecimento de jovem no Alto Vale
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

 

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigação Criminal de Rio do Sul (DIC), prendeu nesta tarde (19), o segundo suspeito de participação no desaparecimento de GUSTAVO MUNHOZ FREITAS. 

Desde que tomou conhecimento do sumiço de GUSTAVO, foram adotadas inúmeras diligências por parte da Polícia Civil com o fito de localizar referido jovem. Contudo, na medida em que a investigação foi avançando, os elementos informativos angariados indicavam que GUSTAVO teria sido vítima de homicídio.  

Publicidade

Leia Também:

Inobstante seu corpo não tenha sido localizado até o momento, o conjunto de informações obtidas durante as investigações apontam para a ocorrência de um crime contra a vida.

Cabe ressaltar que o primeiro suspeito já havia sido preso por esta divisional no dia 06/09, cuja captura ocorreu em um ponto de venda de drogas, localizado no bairro Pamplona. Referida prisão não havia sido divulgada justamente porque a publicação de tal informação poderia implicar na não localização do segundo suspeito. 
 
Cuida-se de prisão temporária decretada pelo prazo de 30 (trinta) dias, renovável por igual período a partir de representação subscrita pelo Delegado de Polícia. Uma vez esgotados estes prazos, o Delegado ainda pode postular pela conversão da prisão temporária em prisão preventiva, a qual possui prazo indeterminado.  

Durante o interrogatório, o primeiro suspeito exerceu o direito de permanecer em silêncio, de modo que não foi possível extrair informações sobre o paradeiro do corpo da vítima. Por sua vez, o segundo suspeito apresentou sua versão aos fatos, negando ter participação no desaparecimento em questão, porém, inúmeras contradições foram constatadas durante sua inquirição. 

Trata-se de investigação complexa, sobretudo pela ausência do corpo da vítima, entretanto, existem várias medidas em curso, as quais poderão auxiliar no completo esclarecimento dos fatos.

Conforme informado anteriormente, GUSTAVO saiu de sua residência, localizada em Pouso Redondo, no dia 17/08, com destino a Rio do Sul. Posteriormente, teria ido até uma casa localizada no bairro Canoas. Por volta das 0h15min, do dia 18, teria saído desta casa para ir até um mercado próximo, porém, desde então, não fez mais contato e não foi mais visto por amigos e familiares. A vítima trazia consigo apenas um aparelho celular, não tinha dinheiro, tampouco outros objetos de valor.

Comentários:

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )