Portal Expresso

Sabado, 15 de Junho de 2024
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia

Santa Catarina

Samu de Santa Catarina atende mais de 20 mil chamadas em apenas nove dias

Ao ligar para o Samu, mantenha a calma e repasse o maior número de informações necessárias sobre localização da ocorrência

Reporter Zildomar
Por Reporter Zildomar
Samu de Santa Catarina atende mais de 20 mil chamadas em apenas nove dias
Secom
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Com a chegada do verão e o aumento significativo dos turistas no estado, as equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) 192 estão dobrando a atenção para garantir atendimento a todos que procuram pelo serviço de urgência e emergência, por meio do número de telefone 192. Do dia 24 de dezembro de 2023 a 1° de janeiro de 2024, as Centrais de Regulação do Samu receberam 20.920 ligações em todo o estado.

A região que mais recebeu chamadas foi a Grande Florianópolis, com 3.940 ligações; seguida pela Norte/Nordeste (localizada em Joinville), com 3.843; Sul (em Criciúma), com 3.222; Vale do Rio Itajaí (em Blumenau), com 3.197; Foz do Rio Itajaí (em Camboriú), com 2.975; Extremo Oeste (em Chapecó), com 1.765; Planalto Serrano (em Lages), com 1.191; e Meio-Oeste (em Joaçaba), com 787 ligações. Entre as principais ocorrências estão os casos clínicos relacionados a afogamentos, mal-estar, convulsão, abuso de bebidas alcoólicas e traumas leves.

O Governo do Estado, por meio da Estação Verão, tem intensificado o cuidado e atenção à movimentação da população durante o período de férias. Com o aumento do fluxo de veículos nas rodovias os riscos de acidente tem aumentado, as regiões litorâneas também são uma preocupação devido ao grande número de pessoas circulando ao mesmo tempo.

Publicidade

Leia Também:

“Nossas Centrais de regulação trabalham orientando a população e enviando recursos de saúde caso o médico regulador julgue necessário, de acordo com protocolos de atendimento já estabelecidos. Ao ligar para o Samu, mantenha a calma e repasse o maior número de informações necessárias sobre localização da ocorrência e condições da pessoa que precisa de atendimento. Assim, o nosso trabalho pode ser feito de forma mais rápida e direcionado para casos que realmente necessitam de uma ambulância”, orienta Marcos Antonio Fonseca, superintendente de Urgência e Emergência da Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina.

 
FONTE/CRÉDITOS: Secom
Comentários:

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )