Portal Expresso

Segunda, 27 de setembro de 2021
MENU

Segurança

SC registra 22 ocorrências de homicídios e tentativas de homicídio durante feriadão

Dados da Segurança Pública de Santa Catarina apontam que aconteceram 14 tentativas de homicídio e oito homicídios entre os dias 4 e 7 de setembro

694
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O feriadão de 7 de Setembro registrou 22 ocorrências de homicídios e tentativas de homicídio em Santa Catarina. Dados da SSP/SC (Secretaria de Estado da Segurança Pública) apontam que, deste número, 14 foram tentativas e oito homicídios, que aconteceram entre o sábado (4) e esta terça-feira (7).

As principais ocorrências constam nos boletins divulgados pela Polícia Militar durante o período. O número total de ocorrências registradas no feriadão de 7 de Setembro este ano foi o mesmo do ano passado. No entanto, em 2020, foram 17 tentativas de homicídio e cinco homicídios.

De acordo com a SSP/SC, historicamente, a ocorrência de crime de homicídio em Santa Catarina, tanto o tentado como o consumado, aumenta 40% nos finais de semana e feriados prolongados.

O órgão estadual também ressalta que cada tipo de crime tem uma característica específica. Enquanto homicídios ocorrem mais aos finais de semana e feriados, o estelionato, por sua vez, acontece com mais frequência nos dias úteis.

Confraternizações nos feriados

Para o comandante-geral da PMSC (Polícia Militar de Santa Catarina), coronel Dionei Tonet, diversas situações acabam influenciando no aumento de ocorrências de crimes de homicídio no Estado.

A principal delas, segundo o comandante, é o fato de que as pessoas, normalmente, aproveitam os feriadões para realizar confraternizações. Nesses encontros ocorre um maior consumo de álcool e possíveis desavenças, que podem se tornar tentativas de homicídio ou mesmo homicídio.

“É um comportamento social que acaba se formando, justamente, pelo tempo em que as pessoas permanecem afastadas do trabalho ou até mesmo da região em que moram. Ocorre a perda dos ‘freios’ sociais e morais e, aliada ao consumo de álcool, [as pessoas] acabam extrapolando e gera esse tipo de comportamento”, explica Tonet.

O comandante avalia que a ocorrência de três homicídios a mais durante o feriadão de 7 de Setembro neste ano, em comparação com o ano passado, tem pouco significado em termos percentuais.

Além disso, não acredita que o relaxamento de medidas sanitárias contra a Covid-19, como o isolamento social, possa ter influenciado nesse número.

Crimes violentos em queda

Nesta quarta-feira (8) foi publicado pela SSP/SC, o boletim mensal de agosto de 2021 que traz os índices de criminalidade do Estado. Os números representam os registros do primeiro dia do ano até 31 de agosto e são comparados com o mesmo período do ano passado.

Taxa de homicídios em SC – Foto: SSP/SC/Divulgação/ND
Taxa de homicídios em SC – Foto: SSP/SC/Divulgação/ND

Em números absolutos, o Estado apresenta 560 roubos, 883 furtos e 76 homicídios a menos do que o mesmo período do ano passado com quedas de 8,6%, 1,5% e 15,5%, respectivamente. Segundo a Secretaria, os dados são reflexos do investimento em Segurança Pública no Estado.

Ocorrências em SC durante o feriadão de 7 de Setembro:

  • Na madrugada de sábado (4), um jovem de 22 anos foi encontrado morto com tiros nas costas, em Joinville;
  • No início da manhã de sábado (4), houve uma tentativa de homicídio contra três homens durante uma briga, em Lages;
  • No início da manhã de sábado (4), um homem de 33 anos morreu com ferimentos provocados por arma branca, em Lages;
  • Na noite de sábado (4), um homem de 61 anos foi ferido gravemente com um facão, em São Lourenço do Oeste;
  • Na noite de sábado (4), um homem de 38 anos foi encontrado morto na própria cama com ferimento provocado por arma branca, em Garuva;
  • Na madrugada de domingo (5), um homem de 29 anos foi alvejado por arma de fogo no peito, em Xanxerê;
  • Na manhã de domingo (5), um jovem de 24 anos sofreu uma tentativa de homicídio, em Sombrio;
  • Na tarde de domingo (5), um jovem de 18 anos foi alvejado por três disparos de arma de fogo, em Anita Garibaldi;
  • Na tarde de domingo (5), um homem de 27 anos foi baleado enquanto tentava furtar a fiação elétrica de um poste, em Joinville. O homem foi atingido na perna e encaminhado ao hospital em estado estável;
  • Na tarde de domingo (5), dois homens sofreram tentativa de homicídio com arma de fogo durante uma pescaria, em Mondaí;
  • No início da noite domingo (5), uma adolescente de 17 anos foi encontrada morta dentro de casa, em Alfredo Wagner. A suspeita é de que ela tenha sido asfixiada pelo namorado, que se encontra preso;
  • Na madrugada desta segunda-feira (6), um homem de 47 anos esfaqueou a própria sogra, em São João Batista, enquanto ela tentava defender o neto dos ataques do padrasto;
  • Na segunda-feira (6), um corpo foi encontrado carbonizado e com uma corda no pescoço, em Balneário Arroio do Silva;
  • Na segunda-feira (6), dois homens foram baleados e procuraram o hospital, em Araranguá;
  • Na noite de segunda-feira (6), homem de 36 anos foi morto com cinco tiros em um campo de futebol localizado em frente a um colégio, em Palhoça;
  • Na manhã de terça-feira (7), um homem não identificado foi encontrado morto com ferimentos de faca, em Luiz Alves;
  • Na noite de terça-feira (7), um homem de 27 anos foi assassinado com disparos de arma de fogo após uma discussão por futebol, em Joinville;
  • Na madrugada desta quarta-feira (8), um homem de 27 anos foi morto a tiros na frente de casa no bairro Saco dos Limões, em Florianópolis.

 

Fonte/Créditos: ND MAIS

Créditos (Imagem de capa): Foto: Fabrício Porto/Arquivo/ND

Comentários:

Publicidade

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )