Portal Expresso

Terça, 07 de dezembro de 2021
MENU

Litoral Norte - SC

Tubulação é reposicionada e megaobra de alargamento em praia de Balneário Camboriú entra na fase final

Draga responsável por pegar a areia do fundo do mar para ser colocada na faixa de areia da Praia Central voltou a funcionar no sábado (16).

374
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A tubulação principal que traz areia do fundo do mar para a faixa da praia de Balneário Camboriú, no Litoral Norte, foi reposicionada no sábado (16). Com isso, a draga responsável por pegar os sedimentos voltou a operar durante a noite e a megaobra de alargamento que acontece na Praia Central entrou na fase final.

A etapa de recolocação dos tubos foi adiada na última semana por conta das condições do tempo e precisou ocorrer no sábado. Segundo a prefeitura, a previsão é que os trabalhos no local terminem em novembro.

Como foi feito o reposicionamento da tubulação?

Funcionários que trabalham na obra reposicionaram a tubulação da altura da Rua 3.700 até próximo à Rua 1.800. A estrutura foi pressurizada, deslocada de lugar com a ajuda de barcos e afundada para os trabalhos serem reiniciados.

A draga estava ancorada já tinha uma carga de areia para bombeamento. Segundo a prefeitura, ela soltou os sedimentos por volta das 21h de sábado. Os trabalhos seguem neste domingo (17).

Tubulação foi descolada no sábado (16) — Foto: Secom/Divulgação

Tubulação foi descolada no sábado (16) — Foto: Secom/Divulgação

Qual é o objetivo da obra?

A obra quer alargar a faixa de areia de atuais 25 metros, em média, para 70 metros. Segundo a prefeitura, o trabalho vai permitir, além da proteção da orla contra o avanço das marés, a criação de espaços privilegiados para moradores e visitantes.

Quando a obra começou?

A obra começou em março, com a montagem da tubulação que é usada para levar a areia até a orla. Esta etapa do transporte do material iniciou em 22 de agosto, com a chegada da draga. Eles são feitos por um consórcio de duas empresas, a brasileira DTA Engenharia e a belga Jan De Nul, vencedor da licitação realizada pelo município. A obra vai custar R$ 66,8 milhões.

Alargamento no Molhe da Barra Sul, na Praia Grande de Balneário Camobriú — Foto: Secom/Balenário Camboriú

Alargamento no Molhe da Barra Sul, na Praia Grande de Balneário Camobriú — Foto: Secom/Balenário Camboriú

Alargamento da faixa de areia da Praia Central em Balneário Camboriú — Foto: PMBC/Divulgação

Alargamento da faixa de areia da Praia Central em Balneário Camboriú — Foto: PMBC/Divulgação

Obra de alargamento da faixa de areia da Praia Central de Balneário Camboriú no início de outubro — Foto: PMBC/Divulgação

Obra de alargamento da faixa de areia da Praia Central de Balneário Camboriú no início de outubro — Foto: PMBC/Divulgação

Fonte/Créditos: g1

Créditos (Imagem de capa): Foto: Secom/Divulgação

Comentários:

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )