Portal Expresso

Sabado, 24 de Fevereiro de 2024
King Pizzaria & Choperia
King Pizzaria & Choperia

Saúde

Uso de máscaras volta a ser recomendado nas Unidades de Saúde

Aumento de casos em Santa Catarina fez com que as medidas preventivas retornassem

Repórter Bruno
Por Repórter Bruno
Uso de máscaras volta a ser recomendado nas Unidades de Saúde
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Novos casos de Covid-19 vem sendo registrados por todo o Brasil. Só em Santa Catarina, em uma semana, os casos aumentaram 39%. Em Santa Catarina, 668.701 pessoas contraíram a doença em 2022, apontam os dados.

Neste ano, aproximadamente 2.294 pessoas morreram em decorrência da Covid-19, conforme dados contabilizados até o último dia 2. Somente na última semana, foram registrados 20 óbitos. Conforme o estudo, houve uma “nova reaceleração do número diário de mortes”, o que não ocorria desde de agosto. No total, desde o início da pandemia, 22.466 pessoas morreram no Estado por causa da doença.

Em Agrolândia, na última semana, o número de casos ativos chegou à 14. Com o aumento significativo dos casos, o uso de máscaras volta à ser recomendado nas Unidades de Saúde.

Medidas preventivas na Fundação Hospitalar Alex Krieser de Agrolândia
 

Nesta semana, a Fundação Hospitalar Alex Krieser de Agrolândia soltou uma nota, confira:

Segundo recomendação da SES - Secretaria Estadual de Saúde, devido ao aumento significativo nos registros de casos ativos de Covid-19 em Santa Catarina, fica recomendado o retorno do uso de máscara nos hospitais e unidades de saúde, assim como reforço no uso de álcool em gel.
Publicidade

Leia Também:

Reforçamos aqui a importância da prevenção adequada contra o Covid-19, e da atualização do esquema vacinal (incluindo as doses de reforço).
Att,

Diretoria da Fundação Hospitalar Alex Krieser
 
Medidas preventivas no Hospital Regional de Rio do Sul

O aumento de casos de COVID-19, doença causada pelo novo coronavírus, levou a direção da Fusavi (Fundação de Saúde do Alto Vale do Itajaí), gestora do Hospital Regional de Rio do Sul, a tomar algumas preventivas para evitar a contaminação de pacientes, acompanhantes, colaboradores e corpo clínico. De agora em diante não serão permitidos visitantes, ou acompanhantes com sintomas gripais. As pessoas com sintomas gripais deverão fazer uso de máscara durante consultas ambulatoriais. A terceira recomendação é estar em dia com todas as doses vacinas da doença.
De acordo com o coordenador de enfermagem, Tiago Leitzke, o número de pacientes que têm procurado atendimento no Pronto-socorro da instituição é reduzido, mas os procedimentos são necessários. “Felizmente tivemos poucos casos, sem gravidade, num quadro bem diferente, sem necessidade de internação”. Como medida preventiva, a principal medida é suspender visitas ou acompanhantes, com sintomas gripais. “Essas pessoas inclusive devem evitar a circulação em ambiente hospitalar, como na recepção”. “É uma medida de segurança para todos nós”, acrescentou.
Os profissionais que fazem atendimentos laboratoriais já utilizam máscara de proteção desde o início da pandemia. Tiago colocou que agora os pacientes com sintomas gripais também deverão colocar já que é considerada barreira de contenção. “É bom lembrar que o hospital não faz 
doação”.
O coordenador de enfermagem lembrou dos hábitos que a população precisa voltar a adotar. Um deles é a etiqueta da tosse. “O ideal é cobrir a boca com a parte interna do braço quando for tossir ou espirrar. Essa atitude, evita a contaminação das mãos, que são um dos principais veículos propagadores de doenças”. Outra mencionada por Tiago é a higiene das mãos, usando preferencialmente álcool em gel. “A recomendação mais importante está relacionada com a vacinação preventiva, com a disponibilização de todas as doses disponíveis”.
Comentários:

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )