Portal Expresso

Segunda, 16 de maio de 2022
MENU

Política

Vota em outra cidade? Saiba os passos para transferir o título de eleitor

Solicitação de transferência de domicílio eleitoral deve ser realizada até o dia 4 de maio; eleições ocorrem em 2 de outubro

598
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O prazo para mudar o título de eleitor para votação em outra cidade, estado ou país termina em pouco mais de um mês, mas o processo é simples e feito inteiramente online através de cinco passos no site do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

As eleições ocorrem no dia 2 de outubro e a solicitação de transferência de domicílio eleitoral deve ser realizada até o dia 4 de maio. As informações são do R7.

O procedimento deve ser feito por todo o cidadão que more há pelo menos três meses no novo local e não tenha transferido ou tirado a primeira via do documento nos 12 meses anteriores.

Esse critério que só não se aplica ao servidor público civil, militar e autárquico (ou membros da família) que tenha mudado de domicílio por motivo de remoção ou transferência.

Para transferir o local de votação, vale ressaltar que é preciso estar com a situação do título de eleitor regular, sem pendências ou multas. Neste link é possível fazer a consulta e verificar como regularizar.

Veja os passos para transferir o título

1º passo: Para solicitar a transferência de domicílio eleitoral de dentro do país é acessar o Atendimento ao Eleitor, do TSE, por meio deste link, e selecionar a opção “Atualize seu endereço”. Para brasileiros no exterior, o serviço é realizado neste link.

2º passo: Selecionar a unidade da Federação onde a pessoa está e preencher os campos solicitados. Nessa aba, o eleitor terá que anexar os seguintes documentos: comprovante de residência atualizado, documento de identificação oficial com foto (frente e verso) e certificado militar para homens entre 18 e 45 anos (é possível emitir neste link do Superior Tribunal Militar). Também é necessária uma foto em formato de selfie segurando a identidade ao lado do rosto.

3º passo: Adicionar informações do local para onde quer transferir o título de eleitor. Nessa tela, o eleitor deve preencher os campos CEP, UF, município, bairro, endereço, número, complemento (se houver), número de telefone (de preferência com WhatsApp) e tempo de habitação.

Então, o eleitor será direcionado para uma tela em que aparecem os pontos de votação mais próximos do endereço selecionado. Nela, basta selecionar o local de preferência.

Por fim, o eleitor deve verificar se as informações pessoais estão corretas e clicar no botão “Confirmar”. Será gerado um número do protocolo, que deve ser anotado para acompanhar o requerimento no portal, neste link, na opção “Acompanhe uma solicitação”.


 

Fonte/Créditos: ND+

Créditos (Imagem de capa): Agência Brasil

Comentários:

Publicidade

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )